AMO O AMOR QUE SE REPARTE

Amo o amor que se reparte
em beijos, leite e pão.

Amor que pode ser eterno
mas pode ser fugaz.

Amor que se quer libertar
para seguir amando.

Amor divinizado que vem vindo.
Amor divinizado que se vai.

(Pablo Neruda)

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s